Do conceito à conclusão: EA SPORTS X Nike

Entre nos bastidores com a Nike Hypervenom 3.

O processo de captura de movimentos da EA SPORTS dá vida ao mundo real dos esportes nos videogames, captando os menores detalhes para construir mundos imersivos. A Nike Hypervenom 3 é uma chuteira de verdade, desenvolvida pela Nike com inspiração no processo de captura de movimentos da EA SPORTS. Aprofunde-se no processo de desenvolvimento com a equipe da EA SPORTS.

Como a equipe se sentiu por uma chuteira da Nike se inspirar no processo de captura de movimentos da EA SPORTS?

A gente se orgulha muito em capturar visuais realistas, e ver esse processo inspirar a Nike Hypervenom 3... É meio surreal. Estamos muito empolgados para ver isso ganhar vida e pela Nike se inspirar em nosso processo de criação. É sempre empolgante quando a gente tem a chance de trabalhar com as chuteiras mais recentes da Nike. De certa forma, ela também inspira nossa equipe de arte.

Como a equipe da EA SPORTS colabora para criar objetos no jogo?

A captura de movimentos da EA SPORTS ajuda nossa equipe a dividir objetos do mundo real em blocos ou formas básicas. É um processo constante e reiterado de escanear esses objetos e usar várias técnicas para criar um formato em 3D de alta resolução para usarmos como material de referência. Com criatividade e a colaboração da equipe de desenvolvimento, podemos usar essas formas de referência para criar o objeto final no jogo. É muito divertido. As malhas na lateral da chuteira indicam a colaboração entre nós para desenvolvermos produtos melhores. É fundamental trabalharmos juntos para criar detalhes em alta qualidade para os jogos da EA SPORTS.

Como a engine Frostbite possibilita visuais melhorados e fiéis à realidade?

A engine Frostbite agora nos dá mais liberdade que nunca. Conseguimos melhorar nossos jogos, nos gráficos e na mecânica, em grande escala. Usamos as inúmeras opções novas na engine para simular como os materiais dos objetos reagiriam à luz no mundo real, por meio de um processo conhecido como renderização baseada em física. Isso nos ajuda a ir mais longe para tornar as experiências as mais fidedignas possíveis.

Que detalhes bacanas vocês acrescentaram à chuteira Hypervenom?

Com a Hypervenom, tivemos mesmo de desenhar à mão cada linha do design. Foi realmente complexo. Se você olhar bem, temos até os números de edição limitada da chuteira no lado interno. Tivemos de repetir o processo algumas vezes para acertar os designs de gradiente de cor no verso, mas a Nike e nossa equipe de desenvolvimento nos deram muita liberdade para fazer do jeito que achamos ser o certo.

Quanto tempo demora para a EA SPORTS renderizar uma chuteira no jogo?

Cada chuteira passa por alguns processos para aparecer no jogo. Depois que o artista faz uma primeira versão, ela é revisada pela equipe de desenvolvimento junto comigo, e recebemos os comentários. Isso acontece algumas vezes até acertarmos cada detalhe. Daí, a fabricante da chuteira também faz uma revisão. Esse processo é feito com todas as chuteiras, para garantir que sigamos a visão original de design. Com tudo isso, demoramos uma semana para fazer uma chuteira.

Por quantas etapas diferentes de captura de movimentos uma chuteira passa durante o desenvolvimento?

Neste ano, usamos uma técnica nova para capturar objetos, usando um scanner de definição maior. Geralmente, fazemos isso só uma vez por objeto. No caso raro de acharmos que falta algum detalhe, solicitamos mais um escaneamento. 

Tem mais alguma coisa que você quer destacar sobre o processo de desenvolvimento da chuteira para a EA SPORTS?

Queremos reforçar que o trabalho nunca é de uma pessoa só. Cada chuteira e cada objeto em nossos jogos passa por muitas pessoas. Todas elas são muito dedicadas a fazer o melhor pelos objetos, seja fazendo comentários de última hora, seja colocando detalhes quase microscópicos, e querem fazer a máxima justiça ao item original. Queremos agradecer aos artistas, à equipe de desenvolvimento e ao pessoal da Nike pela oportunidade e por fazer com que tudo ficasse pronto. No fim das contas, os artistas tiveram muita liberdade para colocar seus toques aqui e ali e cuidar da criação da forma que achassem mais adequada. É o que torna este projeto especial. 



Quer trabalhar na EA? Acesse nossa página de carreiras!

Fique por dentro de tudo relacionado à EA: leia nosso blog, siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Em suas próprias palavras: Florian Le Bihan, Designer Competitivo no Battle…

Electronic Arts Inc.
12/12/2017

10 coisas para se fazer na gamescom

Electronic Arts Inc.
08/12/2017
Prepare-se para a gamescom - aqui está uma lista do que a EA tem de mais legal a oferecer no show deste ano.

20 perguntas com Janina Gavankar

Electronic Arts Inc.
15/11/2017